Ir para conteúdo


Anúncios




Reprovado Inspeção 2011


  • Por favor, faça o login para responder
52 respostas neste tópico

#1 roger

roger

    Dragster Light

  • Membro Forum
  • 2.321 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Paulo - Z\L

Postado 13 julho 2011 - 04:38

AOS MECANICOS DO FÓRUM OU AOS MAIS ENTENDIDOS DO ASSUNTO

Ano passado passei de boa após colocar o catalisador.
Mas esse ano fui reprovado pelo nível de HC o limite era de 700 e meu carro bateu 1251 em marcha lenta o CO ficou em 0,39.
Agora em 2500 RPM o carro passou com HC 208 e CO 2,04 lembrando que o limite de CO é de 3,00.
Alguem tem ideia do que pode ser?




#2 mgr

mgr

    Master

  • Administradores
  • 6.943 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Paulo - SP

Postado 13 julho 2011 - 04:50

Então Roger HC é quantidade de combustível não queimada...
ou seja, muito provavelmente sua mistura deve estar rica (ou gorda como dizem)

Cabos e velas foram trocados ?

Tem 3 fatores que são analisados na Controlar
HC já citado, CO que é a quantidade de gás carbônico na mistura e fator de diluição que é a quantidade de oxigênio na mistura.

Como o seu não ta tão fora talvez só um ajuste na lenta do bura já resolva, mas nada muito radical pois se você fechar a mistura, deixando ela pobre, ela não vai passar no fator de diluição pq vai ter muito oxigênio.

Pesquise aqui no fórum, ano passado muitos membros bateram cabeça com isso.

Abçs

#3 roger

roger

    Dragster Light

  • Membro Forum
  • 2.321 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Paulo - Z\L

Postado 13 julho 2011 - 06:03

Ah o cara ainda me mandou trocar de escapamento, pois o meu ta esportivo e faz muito barulho.
Falou que quando eu voltar vou ter que passar na maquina de ruido.
4x1 completo com 1 JK na ponta e catalisador no meio.

#4 Guest_binhodrummer_*

Guest_binhodrummer_*
  • Guests

Postado 13 julho 2011 - 06:47

essa controlar de vc´s ta fodz hein!! e eu que reclamava das vistorias anuais do RJ...

#5 KnightArch

KnightArch

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 802 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:MG, SP

Postado 13 julho 2011 - 08:23

Ah, q sem graça, o mgr ja explicou tudo kkkkkkkkkkkkkkk
Qnto ao escape, arruma um emprestado ai soh pra fazer essa inspeção, q povo mala!
Ou entao divide o escape em 2 ou 3 seções pra facilitar o uso de abafadores mais nervosos nessas hrs.......

[]'s

#6 jonascardoso

jonascardoso

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 821 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Duque de Caxias - Rio de Janeiro

Postado 13 julho 2011 - 10:01

No dia que isso chegar aqui no rio FERROU!!!

#7 Guest_binhodrummer_*

Guest_binhodrummer_*
  • Guests

Postado 13 julho 2011 - 10:36

Visualizar Postjonascardoso, em 13 julho 2011 - 10:01 , disse:

No dia que isso chegar aqui no rio FERROU!!!
não chega! No RJ, o detran já tem maquina pra ver a emissão de poluentes e mal usam!

Editado por binhodrummer, 13 julho 2011 - 10:37 .


#8 Dinho RJ

Dinho RJ

    Dinho RJ - Sempre alerta

  • Moderador Global
  • 15.300 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Rio de Janeiro

Postado 14 julho 2011 - 09:35

Como diz nosso amigo Kayus, ISSO TUDO É UM PÉ NO SACO !!!!

Aqui no RJ já foi assim, depois de alguns anos e muita briga eles começaram a fazer menos exigências até finalmente reconhecer que essa vistoria nos nossos quadradinhos era furada, pois os níveis de emissão são baseados em carros mais modernos e até já injetados, coisa que os mais antigos são bem inferiores.

Mas infelizmente Roger, aí em SP ainda tá feia a coisa, inclusive esse absurdo de condenar ruídos.
O negócio é tentar acertar isso e voltar lá na vistoria.

O pior de tudo é que isso tá quase virando moda em todo Brasil, afinal eles viram que é uma grande fonte de renda pros cofres públicos. E quem paga por isso somos nós o Zé Povinho.

#9 TUCANO_RJ

TUCANO_RJ

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 730 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Gonçalo - RJ

Postado 14 julho 2011 - 11:07

Visualizar Postbinhodrummer, em 13 julho 2011 - 06:47 , disse:

essa controlar de vc´s ta fodz hein!! e eu que reclamava das vistorias anuais do RJ...
Por isso que transferi a quantum para o RIO.
Tenho conhecidos no alto escalão, e a ordem dos nossos governantes é apertar ao maximo para deixar só carros antigos com placas pretas o resto sucata....

#10 Jadson LS 1.6

Jadson LS 1.6

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 849 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Goiania

Postado 14 julho 2011 - 11:09

Ainda bem que aqui em Goiânia não tem isso...

#11 almerindes

almerindes

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 603 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Bernardo do Campo

Postado 14 julho 2011 - 12:47

Apesar de TUDO nesse país virar corrupção e fonte de renda (pro bolso dos pilantras, porque Detran já arrecada tanto e as ruas continuam igual a Lua)
pelo lado do meio ambiente apoio completamente a medida já que a maioria dos carros antigos e poluentes não são preparados...assim todo mundo
anda com o motor regulado e gera renda pros mecanicos também.

Sobre os preparados é tão simples burlar...

#12 samuka.silveira

samuka.silveira

    Turbo Light 2,0 Bar

  • Membro Forum
  • 427 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Porto Alegre - RS

Postado 15 julho 2011 - 06:47

Estavam querendo trazer essa M... aqui pro RS, acho que desistiram da ideia depois de muita briga e pressao da oposição e essas coisas de politicos, mas espero que nunca venha isso para o RS e melhor se tirasse de todos estados, isso é um cancer para os carros antigos.

#13 Andy Abc d(-_-)b

Andy Abc d(-_-)b

    Golf Gti #Dead!

  • Administradores
  • 16.259 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Bernocity-Sp.

Postado 15 julho 2011 - 07:08

REPORTAGEM REVISTA AUTOESPORTE.

Falha do Conama é apontada como responsável por reprovações na inspeção veicular

Autoesporte apura erro no limite de emissões para motos e carros mais recentes


Imagem Postada

Veículos a álcool, gasolina e flex produzidos a partir de 2006, e motos 2009, podem estar sendo prejudicados por uma falha do Conselho Nacional do Meio Ambiente. O erro apurado por Autoesporte também é apontado por parecer do Ministério do Meio Ambiente, que pede a revisão da resolução 418 do Conama, que rege o controle da poluição veicular. Isso deve ser feito em reuniões emergenciais previstas para segunda e terça-feira, em Brasília. Segundo fontes ligadas ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), esse encontro entre membros do Conama, da Câmara Técnica de Controle e Qualidade Ambiental e do Grupo de Trabalho Inspeção Veicular vai corrigir “uma burrada”, que permitiu a inclusão de limites incorretos na resolução.

Publicada em 25 de novembro de 2009, essa resolução define critérios para os Planos de Controle de Poluição Veicular e os Programas de Inspeção e Manutenção de Veículos em Uso.

No parecer do Ministério, endossado pelo Ibama, a Associação Brasileira de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) chama a atenção para o fato de que o limite de 0,3% de liberação de monóxido de carbono (CO) definido para carros feitos a partir de 2006 é inferior ao que os mesmos modelos tiveram de atender nos testes de homologação. O limite imposto pelo Programa de Controle da Poluição por Veículos Automotores, Proconve, era de 0,5%: “Dessa forma, veículos novos, em conformidade com o Proconve, estariam sendo reprovados”, registra o documento. Veículos em pleno uso teriam de emitir menos do que o exigido para que pudesse entrar em produção.

E não para por aí: em abril, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) queixou-se à ministra do Meio Ambiente, Izabella Mônica Vieira Teixeira, por ter sido inserida uma fase mais restritiva na inspeção veicular do que a elaborada pelo Grupo de Trabalho Inspeção Veicular e pela Câmara Técnica de Controle e Qualidade Ambiental (ambos ligados ao Conama). Segundo a entidade, os limites são mais rígidos do que os fixados pelo Programa de Controle da Poluição por Motociclos (Promot). A carta do diretor executivo da Abraciclo, Moacyr Alberto Paes, diz:

“Para nossa surpresa, uma entidade de forma isolada apresentou na última hora novos limites, mais restritivos, durante votação ocorrida na reunião plenária de 21/10/09, e esses foram acatados pelos conselheiros mesmo com a manifestação contrária de órgãos importantes e representativos como IBAMA, SVMA-SP [Secretaria do Verde e Meio Ambiente], CNI [Confederação Nacional da Indústria] e CNT [Confederação Nacional do Transporte]." Uma fonte do setor revelou à reportagem de Autoesporte que essa “entidade” foi a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), responsável pelo controle, fiscalização, monitoramento e licenciamento de atividades geradoras de poluição.

O documento da Abraciclo afirma ainda que "o programa foge de seu propósito inicial e fere o direito do consumidor que adquiriu uma motocicleta dentro dos padrões de emissões estabelecidos por lei e que pode ser impedido de usá-la em sua plenitude – mesmo tendo efetuado corretamente todas as manutenções – em razão de uma resolução que torna os limites de emissões para inspeção veicular mais restritivos que aqueles existentes no regulamento Conama, para os quais o seu veículo foi projetado e homologado na condição zero-km”.

Quanto aos equívocos da resolução 418, eles são conhecidos desde o ano passado. “A ‘incoerência técnica’ foi detectada, mas acabou passando por todas as comissões, sem que fosse corrigida”, afirma o presidente da Comissão de Assuntos de Energia e Meio Ambiente da Anfavea, Henry Joseph Jr.

Para o diretor executivo da Abraciclo, Moacyr Alberto Paes, o equívoco não é fruto de más intenções, mas de falta de diálogo e informação específica sobre os processos de produção dos carros e motos. “Mas o fato é que o próprio Ibama, que acompanha todas as homologações, entende que a resolução tem de ser revista", afirma.

A não correção da “incoerência técnica” pode ter colaborado para parte das reprovações acumuladas de fevereiro a junho deste ano, em São Paulo: 15,11% dos 951.212 veículos (soma de todos os veículos com motores de ciclo diesel e Otto, de motos e carros de passeio a ônibus e caminhões). A Controlar, concessionária responsável pela inspeção na cidade, não tabula os dados de reprovação segundo o ano de produção do carro.

Caso os índices sejam mesmo revistos nas reuniões, ainda será preciso definir se milhares de donos de veículos serão compensados por eventuais prejuízos em tempo e dinheiro. Lembrando que, quem não faz a segunda avaliação dentro do prazo de 30 dias, tem de pagar de novo a taxa de R$ 56,44 (7% maior do que a cobrada em 2009); se há uma segunda reprovação, é preciso pagar novamente. E há uma incalculável soma em “limpezas”, consertos e regulagens provavelmente desnecessários.

Outra questão que também está em discussão é a validade das emissões, ou seja, por quanto tempo as montadoras têm de garantir aqueles limites estipulados na homologação

MATERIA COMPLETA: Clique aqui


#14 Dinho RJ

Dinho RJ

    Dinho RJ - Sempre alerta

  • Moderador Global
  • 15.300 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Rio de Janeiro

Postado 15 julho 2011 - 08:09

Ou seja, eles (os governantes e o DETRAN) fazem de tudo pra reprovar os veículos e na verdade quem está errado são eles mesmo.

#15 mgr

mgr

    Master

  • Administradores
  • 6.943 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Paulo - SP

Postado 15 julho 2011 - 04:52

Maaassss eae Roger

Visualizar Postmgr, em 13 julho 2011 - 04:50 , disse:

Cabos e velas foram trocados ?

???

Pessoal vamos usar esse tópico para ajudar membros que estão com dificuldades em passar na inspeção e pegar dicas com quem passou.. assim como foi feito no tópico do ano passado do WILL que eu botei FIXO!

E galera dos outros estados, essa lei ambiental vai virar ESTADUAL, DEPOIS FEDERAL, não tem como correr, não tem pressão política que resista a uma necessidade MUNDIAL!

Abraços!


#16 voyagecdg

voyagecdg

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 848 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Santa Rita de Caldas

Postado 15 julho 2011 - 07:51

Ainda bem que aki na minha cidade nao tem isso,se for com o carro sem escape la delegacia eles nem percebem!!!!!!

#17 roger

roger

    Dragster Light

  • Membro Forum
  • 2.321 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Paulo - Z\L

Postado 15 julho 2011 - 10:32

Troquei velas, cabos,oleo , fltro de combustivel.
Mesma coisa do ano passado.
Só que nesse ano esqueci de trocar a givlagem do crburador sera que pode ter sido por isso?
Mas a diferença foi gritante do ano passado pra ca.
O HC do ano passado deu 200 e alguma coisa, passei com folga demais o ano passado.
To sem entender nada.

#18 roger

roger

    Dragster Light

  • Membro Forum
  • 2.321 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:São Paulo - Z\L

Postado 21 julho 2011 - 08:24

Passei galera.
Fiz para hoje o reagendamento da inspeção e consegui passar.
Como ja tinha trocado cabos, velas hoje troquei o rotor e a tampa de distribuidor e é claro o ingrediente principal uma lata de CAR80.
Dei uma descarbonizada no bura todinho e no coletor sem dó.
Diminui um pouco a giclagem e fui.
Cheguei lá maior agonia né...olhos grudados no monitor e o carro passou!!!
Pro meu desespero o cara me chamou e falou aqui foi aprovado, mas o senhor vai se dirigir até a próxima cabine e fazer inspeção de ruído.
Pensei FUD.. tudo agora, meu carro com 4x1 e um JK ja era.
Momentos de agonia o cara mandou descer do carro, instalou um sensor de rotação na frente no motor e um microfone com um pedestal + ou - um palmo do escape.
E dalhe acelerar de acordo com a maquina pedia, horas vermelho, horas verde várias aceleradas...
E passou graças a Deus...raspando no talo mas passou
Segue anexo o laudo

Imagem Postada

Uploaded with ImageShack.us

#19 Jones

Jones

    Turbo Top

  • Membro Forum
  • 1.418 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Sao Paulo

Postado 22 julho 2011 - 06:41

Ai sim ein Roger, agora preciso torcer para o meu passar... vamos ver no que dá.

#20 kayus

kayus

    Vou voltar pro Carburador !

  • Membro Forum
  • 3.436 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Rio de Janeiro

Postado 24 julho 2011 - 05:48

Fala ae Roger, sei o que voce passou, pois ontem dia 23, fiz a do Voyage e do Xsara, é uma agônia, mas graças a DEUS passei de primeira e, até legalizei minha suspensão. Agora vamos pra galera, abraço.

Uma forma de passar é turbinar a máquina, pois os gases de escapamento é reaproveitado , diminuindo a emissão de Co2 e, a outra e injetar, pois os módulos estão a cada dia mais eficientes na questão de economia de combustível, ocasionando e diminuição da emissão dos gases. Como o MGR falou é uma tendência nacional, e não vão pensando que só vai ficar por aqui não, porque tem uma data limite para implementação em todo o Brasil.

Editado por kayus, 24 julho 2011 - 06:02 .





0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos