Ir para conteúdo


Anúncios




Toggle shoutbox *Chat On Line *Clube do Voyage * Carmaniacs* Abra o chat em um pop-up

@  Ricardogt : (26 abril 2017 - 07:13 ) Bom dia para todos os voyageiros e uma excelente quarta feira!!!!! :fakenopic:
@  brcardeal1 : (26 abril 2017 - 12:24 ) Bora que SUDESTE 2017 está chegando http://carmaniacs.co...showtopic=21121
@  Ricardogt : (27 abril 2017 - 07:11 ) Bom dia para todos!!!!
@  Ricardogt : (28 abril 2017 - 06:38 ) Bom dia para todos os voyageiros!!!

Ponto De Ignicao De 9 Para 18 Graus


  • Por favor, faça o login para responder
21 respostas neste tópico

#1 Garrido

Garrido

    Aspirado

  • Membro Forum
  • 149 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Salvador

Postado 17 novembro 2011 - 12:42

Bom galera, tenho uma duvida e gostaria de saber quem pode me ajudar, eu estava lendo em uma revista sobre desempenho e vi dizendo onde no motor ap que a taxa e de 9 graus quando aumentado ate 18 o desmpenho melhora bastante, gostaria de saber quem ja fez isso? melhora mesmo? prejudica o motor? o motor vai trabalahr muito mas quente? quem poder me ajudar eu agardeco um abraco a todos!!!




#2 alone

alone

    Dragster Top Fuel

  • Membro Forum
  • 4.606 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Novo Hamburgo - RS

Postado 17 novembro 2011 - 12:47

o grau depende um pouco do carro, do desgaste das peças do distribuidor, etc
o meu vai de 15 a 32 se não me engano

o ponto do motor interfere diretamente no consumo e desempenho do carro, inclusive se o ponto estiver errado pode trazer problemas

#3 Garrido

Garrido

    Aspirado

  • Membro Forum
  • 149 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Salvador

Postado 17 novembro 2011 - 04:19

no meu caso 'e um motor ap 1.8 gasolina o ponto original dele 'e 9 graus to pretendendo por 18, os pitoes que to colocando s~ao novos 0.50... serar que o carro vai cosumir muito? ou vai ficar muito vuneravel a quebrar? tem mas aguem que fez essa auteracao

#4 Leo_1.9T

Leo_1.9T

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 948 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:ABC/SP

Postado 17 novembro 2011 - 04:32

Garrido,

o ponto que vc se refere é o inicial, certo? Se for isso, acho muito colocar 18 de inicial... vai te atrapalhar a vida em altas rotações, você pode até perder rendimento em certas condições...

Acho que tem tópico sobre o sistema de ignição aqui, vc já deu uma olhada?

Lembra que vc tem no sistema original do AP o distribuidor com avanço centrífugo e a vácuo. Como tudo é "mecânico", pensa que se vc aumentar o inicial, aumenta proporcionalmente o final - como eu citei, onde vc pode até perder rendimento em alta.

Geralmente aumentar o ponto inicial significa ter uma sensação de carro mais esperto pra sair, mas que vai dar uma brochada em alta. Uma coisa comum que a galera faz é desligar o avanço a vácuo pra amenizar.

Só pra ter uma idéia de valores, no meu carro chego a usar 42 de ponto na fase aspirada - quando entra a pressão do turbo, obviamente eu baixo bem esse valor. Mas eu consigo fazer isso porque uso FuelTech, que me permite controlar.

Enfim, não vejo muita vantagem em aumentar muito o ponto inicial em carro original. Mas se vc quiser sentir esse efeito, joga pra uns 12 (gasolina).

Abc!
Leo

#5 Slashcobra

Slashcobra

    Papa Opala

  • Membro Forum
  • 5.596 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Lins-SP

Postado 17 novembro 2011 - 06:48

do meu voyage no alcool com 49g, 2E e tal... ponto do distribuidor ficava nos 18 ... a partida do carro era meio pesada, tinha bastante arrancada e não senti prejudicar na velocidade final.

abraço

do meu voyage no alcool com 49g, 2E e tal... ponto do distribuidor ficava nos 18 ... a partida do carro era meio pesada, tinha bastante arrancada e não senti prejudicar na velocidade final.

abraço

#6 grebmaw

grebmaw

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 485 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:manaus

Postado 17 novembro 2011 - 07:16

galera, o meu carro quando eu ando uma distancia consideravel com ele e na hora de desligar ele faz uma coisa estranha, ele se bate todo, como se o motor ainda quizesse funcionar, e o bura joga gasolina pra cima , eu nao sei o que pode ser isso, será que tem a ver com o ponto ??? pq ele tava fora de tempo, mas já ajustei , limpei e regulei o bura mas continua assim.

alguém tem alguma dica ?

Editado por grebmaw, 17 novembro 2011 - 07:16 .


#7 Renan Luis

Renan Luis

    Turbo Light 2,0 Bar

  • Membro Forum
  • 431 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Mogi Guaçu

Postado 17 novembro 2011 - 10:48

Com a pergunta dele matei todas minhas duvidas KKK vlw aew galera pelas respostas e vlw ae pela pergunta rsrs'

#8 KnightArch

KnightArch

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 802 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:MG, SP

Postado 08 dezembro 2011 - 04:51

nossa cara, ja falei tanto sobre ponto de ignição, qual a ideia desse tempo ser correto e continuam soltando perolas............

Não se muda ponto de ignição do nda assim, nem existe essa ilusao de ganhar potencia mudando ponto...... ponto serve pra fazer a explosão acontecer no momento certo, maximizando o aproveitamento da força dela qndo o pistao começa a descer...... se acontecer antes do tempo certo, a força max da explosao vai empurrar o pistao pra baixo qndo ele ainda ta subindo..... boas bielas tortas e buracos na cabeça do pistao...... se acontecer dpois do tempo certo, parte da força da explosão será desperdiçada pois de todo o curso do pistao q poderia ser aplicada a força total, ela pegará apenas a parte final e o começo do tempo de subida, resultado eh carro sem força e engasgando, cm pequenos estouros em casos criticos.

Estudem as coisas direito galera, nao saiam falando besteira por ai....... ponto nao se regula valor chutando, MEDEM-SE as posições do virabrequim, relaciona-se com posições de comando de valvulas e considera-se curso do vira, tamanho da biela e regime de rotações medias.

[]'s

#9 Garrido

Garrido

    Aspirado

  • Membro Forum
  • 149 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Salvador

Postado 08 dezembro 2011 - 11:13

 KnightArch, em 08 dezembro 2011 - 04:51 , disse:

nossa cara, ja falei tanto sobre ponto de ignição, qual a ideia desse tempo ser correto e continuam soltando perolas............

Não se muda ponto de ignição do nda assim, nem existe essa ilusao de ganhar potencia mudando ponto...... ponto serve pra fazer a explosão acontecer no momento certo, maximizando o aproveitamento da força dela qndo o pistao começa a descer...... se acontecer antes do tempo certo, a força max da explosao vai empurrar o pistao pra baixo qndo ele ainda ta subindo..... boas bielas tortas e buracos na cabeça do pistao...... se acontecer dpois do tempo certo, parte da força da explosão será desperdiçada pois de todo o curso do pistao q poderia ser aplicada a força total, ela pegará apenas a parte final e o começo do tempo de subida, resultado eh carro sem força e engasgando, cm pequenos estouros em casos criticos.

Estudem as coisas direito galera, nao saiam falando besteira por ai....... ponto nao se regula valor chutando, MEDEM-SE as posições do virabrequim, relaciona-se com posições de comando de valvulas e considera-se curso do vira, tamanho da biela e regime de rotações medias.

[]'s
poxa cara disse tudo obrigado pela atencao que vc deu ai

#10 jonas_102

jonas_102

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 503 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Ribeirão das Neves - MG

Postado 08 dezembro 2011 - 11:21

 KnightArch, em 08 dezembro 2011 - 04:51 , disse:

nossa cara, ja falei tanto sobre ponto de ignição, qual a ideia desse tempo ser correto e continuam soltando perolas............

Não se muda ponto de ignição do nda assim, nem existe essa ilusao de ganhar potencia mudando ponto...... ponto serve pra fazer a explosão acontecer no momento certo, maximizando o aproveitamento da força dela qndo o pistao começa a descer...... se acontecer antes do tempo certo, a força max da explosao vai empurrar o pistao pra baixo qndo ele ainda ta subindo..... boas bielas tortas e buracos na cabeça do pistao...... se acontecer dpois do tempo certo, parte da força da explosão será desperdiçada pois de todo o curso do pistao q poderia ser aplicada a força total, ela pegará apenas a parte final e o começo do tempo de subida, resultado eh carro sem força e engasgando, cm pequenos estouros em casos criticos.

Estudem as coisas direito galera, nao saiam falando besteira por ai....... ponto nao se regula valor chutando, MEDEM-SE as posições do virabrequim, relaciona-se com posições de comando de valvulas e considera-se curso do vira, tamanho da biela e regime de rotações medias.

[]'s
Matou a pau!

#11 Slashcobra

Slashcobra

    Papa Opala

  • Membro Forum
  • 5.596 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Lins-SP

Postado 08 dezembro 2011 - 11:25

só sei que quem entende de preparação, fala que da pra extrair muita coisa boa do ponto


eu andava com ponto 18....... e o carro andava pra (censurado), fazia de 0-100 km/h abaixo de 9 segundos sussa

quando eu andava com o ponto original.. não era triste mas não tinha aquela pancada na acelerada, tipico de aspirados

Editado por Slashcobra, 08 dezembro 2011 - 11:30 .


#12 Leo_1.9T

Leo_1.9T

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 948 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:ABC/SP

Postado 08 dezembro 2011 - 12:53

 KnightArch, em 08 dezembro 2011 - 04:51 , disse:

nossa cara, ja falei tanto sobre ponto de ignição, qual a ideia desse tempo ser correto e continuam soltando perolas............

Não se muda ponto de ignição do nda assim, nem existe essa ilusao de ganhar potencia mudando ponto...... ponto serve pra fazer a explosão acontecer no momento certo, maximizando o aproveitamento da força dela qndo o pistao começa a descer...... se acontecer antes do tempo certo, a força max da explosao vai empurrar o pistao pra baixo qndo ele ainda ta subindo..... boas bielas tortas e buracos na cabeça do pistao...... se acontecer dpois do tempo certo, parte da força da explosão será desperdiçada pois de todo o curso do pistao q poderia ser aplicada a força total, ela pegará apenas a parte final e o começo do tempo de subida, resultado eh carro sem força e engasgando, cm pequenos estouros em casos criticos.

Estudem as coisas direito galera, nao saiam falando besteira por ai....... ponto nao se regula valor chutando, MEDEM-SE as posições do virabrequim, relaciona-se com posições de comando de valvulas e considera-se curso do vira, tamanho da biela e regime de rotações medias.

[]'s

KnightArch,
existe uma janela de tempo para ser ajustada/trabalhada entre os pontos que vc citou (logo antes e logo depois do ponto'máximo superior do pistão). Por motivos óbvios (consumo/emissões/durabilidade), os fabricantes chegam a um valor "x" e fecham o projeto do motor.

Agora; dá pra ganhar (ou perder) rendimento alterando esse tempo? Claro que dá - o desafio é saber o que se está fazendo ou não. Concordo com você que "se não sabe, deixa quieto", mas a dúvida do Garrido acho que era "vale a pena ou não".

Como o motor AP é um bicho com mais de 20 anos de existência, somado ao enorme número de carros que ele equipou e muitos loucos já montaram, desmontaram, quebraram, melhoraram, podemos afirmar que (falando especificamente de ponto) é possívem sim sentir alguma melhora; se vale o risco de dar alguma zica? Cada um é que sabe. :thumbsup:

#13 KnightArch

KnightArch

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 802 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:MG, SP

Postado 08 dezembro 2011 - 05:59

 Slashcobra, em 08 dezembro 2011 - 11:25 , disse:

só sei que quem entende de preparação, fala que da pra extrair muita coisa boa do ponto


eu andava com ponto 18....... e o carro andava pra (censurado), fazia de 0-100 km/h abaixo de 9 segundos sussa

quando eu andava com o ponto original.. não era triste mas não tinha aquela pancada na acelerada, tipico de aspirados
vcs precisam se desprender de certas coisas "originais".... ponto da ignição muda com o tempo devido ao desgaste natural das peças.... ao longo dos anos, dependendo da forma de propagação do desgaste, ele avança ou retrocede. Qndo se faz uma retifica, a altura da camara de combustao diminui, portanto o PMS sera diferente em relação a altura da camara, logo o ponto da ignição mudará devido a taxa de compressao maior, q muda o tempo da força maxima de combustao, por exemplo...

Nao adianta querer andar cm ponto original pra sempre. Vou explicar logo abaixo..... dnovo.......

 Leo_1.9T, em 08 dezembro 2011 - 12:53 , disse:

KnightArch,
existe uma janela de tempo para ser ajustada/trabalhada entre os pontos que vc citou (logo antes e logo depois do ponto'máximo superior do pistão). Por motivos óbvios (consumo/emissões/durabilidade), os fabricantes chegam a um valor "x" e fecham o projeto do motor.

Agora; dá pra ganhar (ou perder) rendimento alterando esse tempo? Claro que dá - o desafio é saber o que se está fazendo ou não. Concordo com você que "se não sabe, deixa quieto", mas a dúvida do Garrido acho que era "vale a pena ou não".

Como o motor AP é um bicho com mais de 20 anos de existência, somado ao enorme número de carros que ele equipou e muitos loucos já montaram, desmontaram, quebraram, melhoraram, podemos afirmar que (falando especificamente de ponto) é possívem sim sentir alguma melhora; se vale o risco de dar alguma zica? Cada um é que sabe. :thumbsup:

Nao existe essa janela pra se trabalhar, existe o limite maximo e minino do ponto de avanço q eh diretamente relacionado ao regime de rotações do motor.

Essa questão de "ganhar ou perder" rendimento eh meio ilusiva. Na realidade, no melhor ajuste de tempo da maxima força entre os tempos de aproveitamento maximo do ponto de descida do PMS, não se ganha rendimento, deixa de perder.

A questão eh devido ao tempo de compressao, qndo o combustivel explode, leva um tempo para q todo o combustivel inflame e a mistura se expanda. Devido a esse tempo de atraso (delay) na resposta à explosão ao seu ponto de maxima compressão (leia-se ponto da porrada master), ajusta-se o ponto de ignição para q a centelha ocorra um pouco antes do pista alcançar o PMS. Assim, qndo o pistao chega no PMS a explosão ja esta acontecendo a algum tempo e está no auge da força, exatamente qndo o pistao começa a descer a explosão o ajuda fazendo força no mesmo sentido. Se a explosão acontece mais cedo ou mais tarde do q isso, a força maxima sera aplicada no sentido de descida no pistao, porem ele ainda estará subindo e a força sera aplicada no sentido contrario do pistao. Se for em tempo baixo, perde-se força e o rendimento/eficiencia cai, se for em um tempo alto, quebra, geralmente biela entorta ou quebra, pois ela eh qm irá aguentar o tranco. As vezes, dependendo da proporção da mistura ar/combustivel, a temperatura de combustão sobe dmais e fura a cabeça do pistao devido a pressao contraria.

O pulo do gato esta em saber exatamente qual o momento certo pra iniciar a explosão, e o avanço automatico da ignição se deve ao fato de q qnto maior a rotação, menos tempo se tem pra esperar a explosão chegar na sua força maxima, portanto o ponto muda proporcionalmente a rotação.

[]'s

Edit: se precisar de desenhos, tem algumas animações bacanas pela internet, posto outra vez se for o caso......

Editado por KnightArch, 08 dezembro 2011 - 06:06 .


#14 Slashcobra

Slashcobra

    Papa Opala

  • Membro Forum
  • 5.596 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Lins-SP

Postado 08 dezembro 2011 - 11:03

vou ficar desafiando o knight falando que ele ta errado, assim ele explica e eu vo coletando os dados shuahsuashuas

#15 engenheiro

engenheiro

    Turbo Light

  • Membro Forum
  • 233 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:salvador, bahia

Postado 08 dezembro 2011 - 11:26

Minha visão além das já mencionadas sobre ponto de ignição:

As principais variáveis da função ponto de ignição são: Temp. do ar, Mistura A/F, Taxa dinâmica de combustão, formato da câmara, combustível, eficiência volumétrica e velocidade do motor.

Estudando um pouco você consegue uma fórmula para equacionar tudo isso e calcular o ponto de ignição teórico. Eu prentendo fazer isso para a minha monografia no meio do ano que vem, mas estou vendo se o teórico vai ser útil.

O que acontece é que algumas variaveis são dificeis de equacionar, como o formato da câmara e a taxa dinâmica. Isso acaba prejudicando a exatidão do valor teórico.

Na prática o que as montadoras de automoveis e os preparadores fazem para garantir a curva de ponto do motor é: DINAMOMETRO. Nada chega perto de substituir um dinamômetro de bancada para ajuste de ponto do motor, por enquanto.


Sobre aumentar o ponto original dos carburados com taxa original eu digo:

Se você mora em uma cidade fria e confia na qualidade do combustível, vai fundo, mas aumenta uns 2° graus apenas. O ponto original dos carburados é conservador em função da pior qualidade da gasolina na época e para suportar lugares de altas temperaturas ambientes, como é minha cidade Salvador, Bahia.

Editado por engenheiro, 08 dezembro 2011 - 11:29 .


#16 KnightArch

KnightArch

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 802 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:MG, SP

Postado 09 dezembro 2011 - 07:35

 Slashcobra, em 08 dezembro 2011 - 11:03 , disse:

vou ficar desafiando o knight falando que ele ta errado, assim ele explica e eu vo coletando os dados shuahsuashuas
Mala dmais! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Poh perguntar ai q nois responde :thumbsup:

 engenheiro, em 08 dezembro 2011 - 11:26 , disse:

Minha visão além das já mencionadas sobre ponto de ignição:

As principais variáveis da função ponto de ignição são: Temp. do ar, Mistura A/F, Taxa dinâmica de combustão, formato da câmara, combustível, eficiência volumétrica e velocidade do motor.

Estudando um pouco você consegue uma fórmula para equacionar tudo isso e calcular o ponto de ignição teórico. Eu prentendo fazer isso para a minha monografia no meio do ano que vem, mas estou vendo se o teórico vai ser útil.

O que acontece é que algumas variaveis são dificeis de equacionar, como o formato da câmara e a taxa dinâmica. Isso acaba prejudicando a exatidão do valor teórico.

Na prática o que as montadoras de automoveis e os preparadores fazem para garantir a curva de ponto do motor é: DINAMOMETRO. Nada chega perto de substituir um dinamômetro de bancada para ajuste de ponto do motor, por enquanto.


Sobre aumentar o ponto original dos carburados com taxa original eu digo:

Se você mora em uma cidade fria e confia na qualidade do combustível, vai fundo, mas aumenta uns 2° graus apenas. O ponto original dos carburados é conservador em função da pior qualidade da gasolina na época e para suportar lugares de altas temperaturas ambientes, como é minha cidade Salvador, Bahia.

Parte da historia ta certa.... o problema maior eh na parte do ajuste em dino de bancada. Até eh legal, porém quando roda vazio o ponto sofre uma ligeira alteração em relação a rodar com carga. Nada mortífero, mas muda. Realmente as montadoras usam dinos pra chegar a um ponto proximo ao ideal e reproduzem os resultados na linha de montagem.

Se for encarar esse assunto no TCC, nao deixa de nos deixar a par!

Vlw pela contribb!

[]'s


Edit: esqueci de perguntar!!! kkkkkk O q eh mistura A/F? Seria A/C de Ar/Combustível ou vc misturou ingles com portugues e tentou dizer Air/Fuel?

Editado por KnightArch, 09 dezembro 2011 - 07:37 .


#17 Leo_1.9T

Leo_1.9T

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 948 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:ABC/SP

Postado 09 dezembro 2011 - 08:07

 KnightArch, em 08 dezembro 2011 - 05:59 , disse:

vcs precisam se desprender de certas coisas "originais".... ponto da ignição muda com o tempo devido ao desgaste natural das peças.... ao longo dos anos, dependendo da forma de propagação do desgaste, ele avança ou retrocede. Qndo se faz uma retifica, a altura da camara de combustao diminui, portanto o PMS sera diferente em relação a altura da camara, logo o ponto da ignição mudará devido a taxa de compressao maior, q muda o tempo da força maxima de combustao, por exemplo...

Nao adianta querer andar cm ponto original pra sempre. Vou explicar logo abaixo..... dnovo.......



Nao existe essa janela pra se trabalhar, existe o limite maximo e minino do ponto de avanço q eh diretamente relacionado ao regime de rotações do motor.

Essa questão de "ganhar ou perder" rendimento eh meio ilusiva. Na realidade, no melhor ajuste de tempo da maxima força entre os tempos de aproveitamento maximo do ponto de descida do PMS, não se ganha rendimento, deixa de perder.

A questão eh devido ao tempo de compressao, qndo o combustivel explode, leva um tempo para q todo o combustivel inflame e a mistura se expanda. Devido a esse tempo de atraso (delay) na resposta à explosão ao seu ponto de maxima compressão (leia-se ponto da porrada master), ajusta-se o ponto de ignição para q a centelha ocorra um pouco antes do pista alcançar o PMS. Assim, qndo o pistao chega no PMS a explosão ja esta acontecendo a algum tempo e está no auge da força, exatamente qndo o pistao começa a descer a explosão o ajuda fazendo força no mesmo sentido. Se a explosão acontece mais cedo ou mais tarde do q isso, a força maxima sera aplicada no sentido de descida no pistao, porem ele ainda estará subindo e a força sera aplicada no sentido contrario do pistao. Se for em tempo baixo, perde-se força e o rendimento/eficiencia cai, se for em um tempo alto, quebra, geralmente biela entorta ou quebra, pois ela eh qm irá aguentar o tranco. As vezes, dependendo da proporção da mistura ar/combustivel, a temperatura de combustão sobe dmais e fura a cabeça do pistao devido a pressao contraria.

O pulo do gato esta em saber exatamente qual o momento certo pra iniciar a explosão, e o avanço automatico da ignição se deve ao fato de q qnto maior a rotação, menos tempo se tem pra esperar a explosão chegar na sua força maxima, portanto o ponto muda proporcionalmente a rotação.

[]'s

Edit: se precisar de desenhos, tem algumas animações bacanas pela internet, posto outra vez se for o caso......

Knight,
sua abordagem está excelente considerando a teoria, o que lemos nos livros e vemos nestes vídeos do google (O HowStuffWOrks é campeão nesse tipo de demonstração/explicação).

Vc já ouviu falar que "não existe nada tão diferente quanto dois motores iguais"? Por isso é que existe a "janela" que citei, é possível SIM você ganhar (ou perder) rendimento em um motor alterando suas características originais. Se isso não fosse verdade, não existiria preparador, acerto, etc... Ia ter um kit de preparação que você monta lá no motor e sai exatamente a potência, durabilidade, rendimento que foi vendido pra vc (esse é o sonho de muita gente).

Some aí as características construtivas de cada motor, desgastes naturais (como vc mesmo citou), condições climáticas, qualidade de combustível, etc e vc concluirá que a teoria nos leva ao "ponto ótimo" de ajuste, mas dependendo do uso de cada um vc pode alterar alguma característica pra favorecer performance, consumo, durabilidade, enfim... Volto lá no meu ponto inicial; tem que conhecer seu carro e tipo de uso pra sair mexendo alguma coisa! Se não sabe, tá em dúvida, não mexe, deixa original mesmo que é o melhor balanço.

Putz, escrevi uma redação... hehehee...
Bom Knight, parei; acho que to bem fora da pergunta do tópico já; a idéia aqui não é ficar discutindo "eu manjo mais ou vc manja mais...". Vi que vc é um cara que entende da teoria, manja do funcionamento dos sistemas e tal; Acho que a nossa missão aqui é tentar ajudar tirando as dúvidas da galera, no que pudermos ajudar e continuar aprendendo com a experiência de cada um!

Valeu, abraço!
Leo

#18 Slashcobra

Slashcobra

    Papa Opala

  • Membro Forum
  • 5.596 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:Lins-SP

Postado 09 dezembro 2011 - 10:45

conversa de gente grande aqui

#19 KnightArch

KnightArch

    Turbo Super

  • Membro Forum
  • 802 posts
  • Sexo:Masculino
  • Cidade:MG, SP

Postado 10 dezembro 2011 - 10:32

 Leo_1.9T, em 09 dezembro 2011 - 08:07 , disse:

Knight,
sua abordagem está excelente considerando a teoria, o que lemos nos livros e vemos nestes vídeos do google (O HowStuffWOrks é campeão nesse tipo de demonstração/explicação).

Vc já ouviu falar que "não existe nada tão diferente quanto dois motores iguais"? Por isso é que existe a "janela" que citei, é possível SIM você ganhar (ou perder) rendimento em um motor alterando suas características originais. Se isso não fosse verdade, não existiria preparador, acerto, etc... Ia ter um kit de preparação que você monta lá no motor e sai exatamente a potência, durabilidade, rendimento que foi vendido pra vc (esse é o sonho de muita gente).

Some aí as características construtivas de cada motor, desgastes naturais (como vc mesmo citou), condições climáticas, qualidade de combustível, etc e vc concluirá que a teoria nos leva ao "ponto ótimo" de ajuste, mas dependendo do uso de cada um vc pode alterar alguma característica pra favorecer performance, consumo, durabilidade, enfim... Volto lá no meu ponto inicial; tem que conhecer seu carro e tipo de uso pra sair mexendo alguma coisa! Se não sabe, tá em dúvida, não mexe, deixa original mesmo que é o melhor balanço.

Putz, escrevi uma redação... hehehee...
Bom Knight, parei; acho que to bem fora da pergunta do tópico já; a idéia aqui não é ficar discutindo "eu manjo mais ou vc manja mais...". Vi que vc é um cara que entende da teoria, manja do funcionamento dos sistemas e tal; Acho que a nossa missão aqui é tentar ajudar tirando as dúvidas da galera, no que pudermos ajudar e continuar aprendendo com a experiência de cada um!

Valeu, abraço!
Leo

Ah, generalizando como vc o fez agora eh claro q existe essa janela, especificamente qnto ao ponto de ignição, somente considerando ele nao. Obvio que qndo zero o motor do carro, estará em um ponto q nao da pra fazer mto milagre, mas em carros sem eletronica o ponto de ignição deveria ser ajustado a cada 10 a 30 mil quilometros dependendo do motor/fabricante. Problema eh q ninguem ajusta. Farol q ta na cara ninguem ajusta, imagina ponto de ignição.

Sobre deixar original pra obter o melhor balanço, nao eh bem assim. Ateh entendo oq vc quer dizer, mas jamais será o melhor ainda mais considerando os quadrados com anos e quilometros de uso. Há motores q sofrem pouco desgaste q mantendo valores de ajuste bem proximos dos originais, claro, porem ha alguns q mudam tanto q sequer lembram dos originais, caso de um gol quadrado 92 da minha voh, no qual os valores de ajuste de ponto de ignição, tipo de velas, taxa de compressão e até fluxo completamente diferentes do que eram quando zero. E acredite, minha voh não tem nem ideia de que isso exista!

Agora com relação a ficar discutindo quem manja mais ou menos, me desculpe mas vc ta completamente enganado. Se vc estava, eu nao estava e nunca estive. Estou soh colaborando com as informações das quais tenho experiencia e conheço a teoria bem o suficiente pra poder afirmar. Qndo nao tenho certeza, eu falo e pesquiso sobre. Nem esquenta q "nois vive" aprendendo aki kkkkkkkk
Soh tive q falar nesse topico pq vi coisas q nao agradaram e poderiam causar ateh a perda do motor se feitas praticamente da forma na qual falaram.

Precisando, eh nois!

[]'s

#20 ftsjr

ftsjr

    Scap Sport

  • Membro Forum
  • 73 posts
  • Cidade:São Paulo

Postado 12 fevereiro 2013 - 11:17

Galera,

Estou com duvida em quantos graus acerto meu ponto para a minha configuração :

AP 1.8 Alcool com taxa de 14:1
Comando 288
Polia regulável em 0º

Ja vi falando por ai que 1.8 à alcool é em 9º mas acho que isso para motor original ... no caso da minha config qual seria o acerto ideal ?




0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos